Eleições Forçam A Abertura De 8.826 Vagas Em Concursos

01 Apr 2019 18:06
Tags

Back to list of posts

<h1>A Carreira Do Superior Autor De Best-sellers Sobre isso Concursos</h1>

<p>O juiz titular da 4a Vara Federal de Niter&oacute;i, William Douglas, de quarenta e sete anos, espera conseguir a marca de 1,sete milh&atilde;o de espectadores presentes em suas palestras nos pr&oacute;ximos meses. O card&aacute;pio de tema &eacute; variado e mescla experi&ecirc;ncias pessoais, t&oacute;picos b&iacute;blicos e estrat&eacute;gias de supera&ccedil;&atilde;o de obst&aacute;culos. “Ele costuma ser aplaudido de p&eacute;”, diz Edilson Lopes, dono de uma das maiores promotoras de eventos corporativos do na&ccedil;&atilde;o, que agora o convidou pra tratar em empresas como Petrobras, GlaxoSmithKline e Saraiva. (V&Iacute;DEO) Dica S&eacute;rio Pra Se Profissionalizar , William ficou um fen&ocirc;meno no universo dos livros de autoajuda e das palestras motivacionais.</p>

<p>Tamb&eacute;m virou um neg&oacute;cio. Est&aacute; prestes a lan&ccedil;ar um curso online e imediatamente trabalha em um novo livro. Como ele chegou l&aacute;? Foi o livro Como Passar em Provas e Concursos, de 1998, que projetou William &agrave; fama entre autores de autoajuda. A ideia de escrever orienta&ccedil;&otilde;es pra candidatos a funcion&aacute;rio p&uacute;blico &eacute; um mix de esp&iacute;rito crist&atilde;o com faro capitalista.</p>

<p>“Quando passei no concurso, muita gente veio me pedir sugest&otilde;es. Escrevi o livro pelo motivo de queria proteger estas pessoas”, diz William. Na data em que o livro era s&oacute; um projeto, nenhuma editora se interessou. William construiu a pr&oacute;pria, a Impetus, que at&eacute; hoje publica seus livros e de outros autores nas &aacute;reas de direito e concursos. Pela 29a edi&ccedil;&atilde;o e com mais de 200 000 exemplares comercializados, Como Passar… &eacute; o livro sobre o assunto concursos mais vendido pela hist&oacute;ria do Brasil.</p>

<p>Mais que fama, Como Passar… rendeu a William uma metodologia para gerar livros de sucesso. Ele percebeu isso no momento em que a obra come&ccedil;ou a vender bem e apareceram os primeiros convites pra pronunciar-se em p&uacute;blico. Um Guia Para as pessoas que Quer Prestar Concursos Pra Tribunais achava p&eacute;ssimo orador, o juiz come&ccedil;ou a praticar loucamente. “Passei a requisitar a frase at&eacute; em comemora&ccedil;&atilde;o de anivers&aacute;rio de crian&ccedil;a”, diz William. A t&aacute;tica funcionou t&atilde;o bem que rendeu o segundo livro: Como Tratar Bem em P&uacute;blico. Estava descoberta a f&oacute;rmula.</p>
<ul>
<li>Vai fazer cursinho? Olhe 18 informa&ccedil;&otilde;es para aproveitar bem essa &eacute;poca</li>
<li>D&ecirc; uma oportunidade ao espa&ccedil;o negativo</li>
<li>BRASIL. Constitui&ccedil;&atilde;o Federal (1988). Rio de Janeiro, FAE, 1989</li>
<li>Pe&ccedil;a socorro aos familiares</li>
<li>Modalidade de curso</li>
<li>L&iacute;ngua Estrangeira - Ingl&ecirc;s ou Espanhol</li>
<li>Setembro oitenta e dois</li>
<li>dois Arquivo de Mensagens</li>
</ul>

<p>“Os vetores do sucesso s&atilde;o os mesmos em dietas, maratonas, casamentos, concursos. &Eacute; uma quest&atilde;o de supera&ccedil;&atilde;o de limites”, admite. Hoje, s&atilde;o tantos livros publicados e de focos t&atilde;o incont&aacute;veis que ele perde a conta. “Mais ou menos 45”, diz. O total de exemplares comercializados supera um milh&atilde;o. As obras agora foram traduzidas para ingl&ecirc;s e espanhol. O &uacute;ltimo se chama As vinte e cinco Leis B&iacute;blicas do Sucesso, mas William agora discorreu at&eacute; a respeito sua prepara&ccedil;&atilde;o pra correr a Maratona de Nova York. As palestras bem como s&atilde;o um excelente neg&oacute;cio. William neste instante subiu em palcos de todo o Brasil e dos Estados unidos e de Dubai.</p>

<p>O juiz n&atilde;o as considera motivacionais. Pra concurseiros — William passou em sete concursos e foi reprovado em mais de uma dezena —, ele apresenta informa&ccedil;&otilde;es de estudo, fixa&ccedil;&atilde;o de assunto e t&eacute;cnicas de que forma n&atilde;o ter branco. Aos servidores p&uacute;blicos, ele diz sobre como ser eficiente. Nessas ocasi&otilde;es, ele costuma revelar como mudou a gest&atilde;o da 4a Vara Federal de Niter&oacute;i. “Aqui &eacute; muito contr&aacute;rio de outras reparti&ccedil;&otilde;es. Temos metas de produtividade e resultados”, diz Jacqueline Alves de Farias Melga&ccedil;o, chefe de gabinete da 4a Vara. Informa&ccedil;&otilde;es Pra Adquirir Um est&aacute;gio , William e tua equipe foram respons&aacute;veis por expedir 1 016 senten&ccedil;as, n&uacute;mero 30% superior &agrave; m&eacute;dia de algumas varas de Niter&oacute;i.</p>

<p>“Se eu n&atilde;o produzisse em t&atilde;o alto grau no servi&ccedil;o, n&atilde;o teria como apresentar nesse quest&atilde;o, seria meu calcanhar de aquiles pros invejosos”, declara William. William tem uma determina&ccedil;&atilde;o em tuas palestras: s&oacute; tratar daquilo que de imediato viveu. Ele fala da B&iacute;blia, Primeiro Mestrado Em Geografia Do Maranh&atilde;o Tem Aula Inaugural , e da Maratona de Nova York, que prontamente correu. “Nesse mercado de autoajuda, o segredo para vender bem &eacute; ter assunto.</p>

<p>O William &eacute; muito estudioso, um magistrado. Se ele n&atilde;o tivesse o que tratar, n&atilde;o estaria vendendo h&aacute; tanto tempo”, diz Roberto Shinyashiki, outro palestrante requisitado e dono da Editora Gente, que tamb&eacute;m publica autoajuda. H&aacute; quem o critique, como um advogado carioca que preferiu n&atilde;o se reconhecer. “Ser oportunista, como ele, n&atilde;o &eacute; obrigatoriamente desagrad&aacute;vel.</p>

<p>Ele v&ecirc; a chance de capitalizar em cima de alguns t&oacute;picos, vai l&aacute; e faz. Por&eacute;m isso n&atilde;o quer dizer que possa ser bem-feito”, reconhece. Aos detratores, William tem uma resposta pronta, que ele empresta de Tom Jobim: “Sucesso no Brasil &eacute; ofensa pessoal”. “Inclusive, dou uma palestra a respeito de como suportar com a inveja”, diz. As solu&ccedil;&otilde;es sugeridas por ele s&atilde;o preservar a produtividade, n&atilde;o revidar, n&atilde;o gastar tempo com energia ruim, n&atilde;o falar mal de ningu&eacute;m nunca — por fim, tudo o que voc&ecirc; disser ser&aacute; capaz de e ser&aacute; usado contra voc&ecirc; no futuro. O d&eacute;cimo mandamento, n&atilde;o desejar, na releitura de William ganha um ar contempor&acirc;neo. “&Eacute; como se Deus dissesse: ‘Filho, v&aacute; cuidar de sua vida’”, reitera.</p>

<p>Ma&ccedil;aroca s&atilde;o aquelas coisas enormes e todas emboladas, abaladas. No caso daquele texto, o texto est&aacute; todo pr&oacute;ximo, gigantesco e misturado, sem uma separa&ccedil;&atilde;o melhor por pragrafos, que facilita a leitura e a comprenss&atilde;o, permite ao leitor respirar e d&aacute; uma impress&atilde;o muito melhor ao layout do postagem. Apresento meu pedido de desculpas.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License